quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Community: a incrível série que só descobri agora

Sou antenado com tudo que acontece no mundo do futebol, da tecnologia e dos quadrinhos. São coisas que eu realmente gosto. Se um novo iPhone é lançado, eu fico sabendo. Se o Corinthians anuncia um novo reforço, também. O mesmo vale se um autor resolve matar o Super-Homem pela 5349ª vez. Mas séries de TV são meu ponto fraco. Apesar de ter TV a cabo e ler blogs sobre o assunto, não fico tão a par sobre elas.

Os incríveis personagens de Community
Várias séries interessantes eu só fui descobrir depois de anos. Foi assim com 24 Horas e Lost. E, mais recentemente, com Community. Fui conhecer a criação de Dan Harmon dois dias atrás, fuçando o acervo do Netflix (que, por sinal, é um ótimo serviço de streaming). Não que eu nunca tenha ouvido falar da série, mas sequer tinha visto spots. Assisti ao primeiro episódio e me apaixonei. Vieram outros, e outros... Ao todo, vi em duas noites 19 episódios da primeira temporada. Viciante.

Quer saber o por quê? A série mostra o convívio de sete pessoas totalmente diferentes uma da outra tendo como plano de fundo a faculdade comunitária de Greendale. O personagem principal é Jeff (interpretado pelo sósia do Michel Teló, Joel McHale), um advogado que teve seu diploma invalidado pela Ordem dos Advogados e recorre à Greendale para recuperá-lo. Lá, o descolado protagonista se apaixona por Britta (Gillian Jacobs), uma linda loira feminista que não tá nem aí pra ele.

E, paralelas ao romance deles, ocorrem as excelentes tramas envolvendo os demais integrantes do grupo: a sistemática Annie (Alison Brie), o velho com mentalidade de jovem Pierce (Chevy Chase), o jogador de futebol americano Troy (Donald Glover), o nerd Abed (Danny Pudi) e a recém-divorciada Shirley (Yvette Nicole Brown).

O relacionamento dos sete personagens é incrível. Pierce quer se entrosar, mas reluta em aceitar que já é um senhor de 60 e poucos anos. Shirley, o esteriótipo da negra cristã americana, acaba virando a conselheira (e fofoqueira) do grupo. Annie e suas repressões sexuais dão excelentes ganchos para a história. A amizade entre o descolado Troy e o nerd Abed também. Isso sem falar no elenco de apoio, composto pelos incríveis Señor Chang (o japonês professor de espanhol da faculdade, interpretado por Ken Jeong), o reitor Pelton (Jim Rash) e o professor de psicologia Ian Duncan (John Oliver).

Tudo isso, aliado às excelentes interpretações e ao ritmo incrível, fazem de Community uma excelente série. Pena que fui descobri-la só agora... Aliás, ainda bem que a descobri!

Nenhum comentário:

Postar um comentário