terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Corinthians campeão da Libertadores?

Reprodução de uma publicação da época, que noticia a final
entre Corinthians e Boca Juniors
Não, o Corinthians nunca foi campeão da Copa Libertadores da América. Mas levou o caneco em uma competição muito semelhante ao principal torneio sul-americano: a Copa Atlântico de Clubes de 1956. Organizada pelas confederações de Argentina, Brasil e Uruguai, o campeonato foi realizado entre junho e julho daquele ano e contou com as principais forças destes países: São Paulo, River Plate, Santos, Boca Juniors, Peñarol, Fluminense, Nacional entre outros.

A Copa do Atlântico é reconhecida pela própria Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol, a IFFHS, como antecessora da Copa Libertadores, juntamente com o Campeonato Sul-Americano de Clubes de 1948, vencido pelo também brasileiro Vasco da Gama.

A final do torneio foi entre Corinthians e Boca Juniors, numa disputa melhor de três jogos. O clube argentino não concordou com a marcação da última partida para a cidade de São Paulo e desistiu após o primeiro jogo, vencido pelo Timão por 3 a 2. Com isso, a comissão organizadora declarou o clube paulistano como vencedor por W.O. da primeira e única edição da competição sul-americana.

Fica a pergunta: no meio de tantos reconhecimentos de campeonatos antigos por parte da CBF, por que a Copa do Atlântico e o Campeonato Sul-Americano não poderiam ser reconhecidos como Copa Libertadores da América? É uma coisa a se pensar... Fora que é de conhecimento geral que esta copa teve participação de equipes mais fortes e importantes que as atuais edições da Libertadores, que contam com inexpressivos times bolivianos e equatorianos. Apenas a nata do futebol sul-americano esteve presente na competição de 1956.

E você, reconheceria o título corintiano como Libertadores?

Confira os resultados do torneio vencido pelo Corinthians:


1ª Fase

Equipe #1Result.Equipe #2LocalData
Lanús 5 - 1 DefensorViejo Gasometro,
Buenos Aires
20 de Junho
Wanderers 2 - 1 San LorenzoEstádio Centenário,
Montevidéu
20 de Junho
Nacional 0 - 1 São PauloEstádio Centenário,
Montevidéu
23 de Junho
Corinthians 2 - 2 DanubioPacaembu,
São Paulo
23 de Junho
América-RJ 2 - 1 RacingMaracanã,
Rio de Janeiro
23 de Junho
Santos 4 - 0 River PlateVila Belmiro,
Santos
24 de Junho
Peñarol 0 - 1 Boca JuniorsEstádio Centenário,
Montevidéu
24 de Junho
  • O Fluminense entrou diretamente na segunda fase.
  • O Corinthians venceu o Danubio no pênaltis.


Quartas de Final

Equipe #1Result.Equipe #2LocalData
São Paulo 3 - 1 América-RJPacaembu,
São Paulo
30 de Junho
Wanderers 0 - 2 LanúsEstádio Centenário,
Montevidéu
30 de Junho
Boca Juniors 3 - 1 FluminenseViejo Gasometro,
Buenos Aires
1 de Julho
Corinthians 4 - 3 SantosPacaembu,
São Paulo
4 de Julho


Semifinais

Equipe #1Result.Equipe #2LocalData
Boca Juniors 2 - 0 LanúsViejo Gasometro,
Buenos Aires
5 de Julho
Corinthians 2 - 0 São PauloPacaembu,
São Paulo
7 de Julho


Final

Equipe #1Result.Equipe #21º jogo2º jogoPlayoff (se necessário)
Corinthians 3 x 2 Boca Juniors3 x 2------
  • O primeiro jogo da final foi realizado no dia 19 de Julho no Estádio La Bombonera, o segundo jogo marcado para o Estádio do Pacaembu acabou por não ocorrer, já que o Boca Juniors ficou irritado com a eventual terceira partida ser realizada também em São Paulo. O Corinthians foi declarado campeão por W.O.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Bom partindo do ponto de vista de que o futebol não começou em 1960(data da primeira libertadores)e que a Copa intercontinental é reconhecida como Mundial,mesmo o Mundial tendo sido iniciado em 2000,por entender-se que até então não havia clubes competitivos em outros continentes,os torneios sul-americanos,tanto o de 1948,ganho pelo Vasco,como o de 1956,ganho pelo Corinthians são totalmentes legítimos, pois foram disputados e organizados por federações, existentes na época,além de contar com grandes potencias do futebol sul-americanos,como no mundial de clubes atual. Sou contra a unificação,mas se é pr unificar tem que unificar tudo!

    ResponderExcluir